Seguidores

quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

Fala, fala, fala...

Sinto que queres falar, sua voz ouço como um sussurro.
Fala, fala, fala...
Mas, não me transmite mensagem alguma!
Eu não quero lhe escutar assim, pois minha essência não é somente ouvir.
Diga por que veio, eu necessito entender.
A chave não é somente ouvir, mas compreender o que está sendo entregue.
Então assim, há de ter o intercâmbio entre nós,
Onde haja compreensão e as juras tenham valor.
Fala, fala, fala...
Desejo ouví-lo com sua voz harmoniosa, olhar atento e sorriso sincero.
Almejo sentir sua mensagem e não somente subterfúgios.
Não quero que fale para tão somente não falar nada...
Aspiro que fale ao meu coração e ouça o seu a lhe dizer:
Fala, fala, fala... Mas, com amor.
Você sabe que, basta um gesto seu, uma palavra sincera,
Para meus lábios sorrirem, meu coração empolgar
E minha alma cantar.
Fala, que quero te escutar.
Ou então, se silencie.

_Débora Francischini_

Crédito da imagem: Glimboo.com