Seguidores

quinta-feira, 27 de agosto de 2009

O caminho

O caminho


Passos apressados na rua, densa e esburacada.
Vertigem do mal a vista, o medo domina meu ser...
Inquieta estou, tropeços desfiguram minha caminhada.
Resigno a me encontrar, temo o fim da jornada.
Prefiro a quietude no meu eu, não há saída... É o fim.
Em cada deslize, em cada tropeço,
A vida se mostra audaciosa e imponente...
Estrada maliciosa, caminho hipotético do algoz.
O medo está, se faz presente...
Caí...
Uma luz acolhe este ente machucado,
De pé a perseguir o fim, o encontro do meu eu.
Eu que hoje corre, que agora se acha.
Caminho difuso percorri,
Vida que passou por mim...
E hoje, estou aqui a me servir.
Meu medo... Temo ainda me encontrar
Em ti.



O passado se faz presente em muitas situações, não há o porquê tentarmos esquecer, temos que aprender a entendê-lo.
Nossa vida é uma íngreme caminhada, ás vezes em uma estrada dourada, bonita, onde a paisagem se faz em seu esplendor. Esse caminho é tão fácil de seguir, não há obstáculos, não há tropeços, só vemos o lado bom, o cenário é belo em sua magnitude, em sua essência. Ser feliz perante essa jornada é conseqüência do perfeito, do certo. O efeito é maravilhoso aos nossos olhos e a nossa vida.
Em outras, o caminho é difícil, tropeçamos a cada marcha, a cada olhada para os lados... Seguimos por ele, caímos e nos reerguemos... Mais alguns, e voltamos a cair.
Entender essa jornada não é simples, pois quando enfrentamos o caminho onde encontramos a mágoa, o ódio, a vingança, a tristeza, o desamor... Sentimos-nos tão pequenos, insignificantes aos outros e a nós mesmos. Estamos aí tão centradas em sofrer que não enxergamos o passo seguinte, que bem ali na frente existem diversas possibilidades, que o algoz presente não está, ele é passado... Mais um passo e o dourado do caminho aparecerá, só mais um, não pare, prossiga e entenda que lá atrás ouve o fracasso, a desilusão, o sofrimento e que você aprendeu com eles na dor como derrotar esse mal e ainda recomeçar sempre, pois não há tempo para nossa vida, cada minuto é um sopro e que este te leve sempre ao caminho de ouro.
Há um mundo dinâmico acontecendo, o caminho a seguir é sua escolha. Caminhe com segurança, com vontade de viver e agir conforme sua vontade de ser feliz. Tropeços acontecerão, mas só você pode decidir se ele te derrubará ou não. A escolha é sua.


Débora F.

Crédito de imagens: Google