Seguidores

quarta-feira, 2 de setembro de 2009

Com você no coração

Com você no coração

O mar está revolto, o abalo invade a alma,
Recondicionando meu ser...
Ondas quebrando à margem, requisitando espaço.
Invadindo meu corpo, delimitando o tempo...
Frágil na enseada me crispa em anseios.
Dor de uma saudade no agitado pélago do medo.
Chamejas ó coração dilacerado...
Reacendendo a agonia de não te ver.
O tempo não condiz com meu tormento
Onde ele me faz te ambicionar ainda mais.
Ondas que abafam meu corpo, buscando tal paz,
Coração capturado este meu...
Preso a você, eterno Poseidon.
Este imenso oceano te levou, te roubou.
Estás além...
Meu corpo não sente mais,
Minha alma chora aumentando a distância,
Chovem lágrimas na enseada
Colorindo o mar abalado de vermelho...
Coração a pulsar ainda...
Fraco, debilitado...
Amor que não vem.
Ondas quebrando meu eu.


Débora F.
Crédito da imagens: Google